Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Ao Volante: Mulher Surda Realiza Sonho de Ser Motorista

Suelen durante aulas práticas. Ela fará em breve a prova para ser motorista habilitada.
Foto: AI da Prefeitura de Catanduva/SP

Suelen Cristina de Olivera Silva sempre dependeu da carona de parentes e de amigos quando precisou andar de carro pela cidade. Agora, aos 31 anos, ela decidiu dar um passo de independência e se matriculou no curso de formação de motoristas.

Surda e muda, ela imaginou que teria dificuldade para conseguir assimilar o conteúdo. Na parte teórica não houve problemas porque Suelen é dedicada e conseguiu aprovação já na primeira prova.

O desafio estava nas aulas práticas. O suporte que faltava veio de um programa da Coordenadoria de Inclusão Social, da Prefeitura de Catanduva, no interior de São Paulo, cidade onde Suelen mora.

O município colocou à disposição da moradora uma intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais). Nani Oliveira fez o percurso junto com a aluna, mas antes orientou o instrutor sobre como poderia se comunicar melhor com a Suelen.

“Orientei o instrutor sobre alguns sinais que podem ser utilizados para facilitar a comunicação com a aluna”, informou  a intérprete por meio da assessoria de imprensa da Prefeitura.

Suelen junto com o instrutor e a intérprete antes das aulas práticas para dirigir

Suelen trabalha em uma Fundação de saúde da cidade e, com esse suporte, já está bem perto de se tornar motorista. Com a ajuda da intérprete, ela contou sobre o sonho de dirigir e disse que a presença de Nani a deixou mais tranquila para tirar dúvidas.

Ao fim da primeira aula prática, Suelen ainda recebeu elogios.

“Ela está dirigindo muito bem, tanto que vem sendo muito elogiada pelo instrutor. Tem força de vontade e facilidade para apreender”, destacou Nani.

Código Nacional de Trânsito

O Código Nacional de Trânsito prevê acessibilidade nos centros de formação de condutores. Ele também estabelece que o material audiovisual de formação teórica de motoristas deve ser adaptado com “legenda oculta associada à tradução simultânea em Libras”.

Segundo o Detran de São Paulo, deficientes auditivos devem passar por perícia médica, além de seguir todo procedimento padrão para obter a permissão para dirigir. “É o médico que avaliará se o tipo de deficiência permite a condução de um veículo e em quais condições. O profissional poderá impor uma restrição para a condução, como a exigência do uso de veículo automático ou prótese auditiva, por exemplo”, destacou publicação feita pelo site do órgão.

Serviço

Central de Libras de Catanduva

Terça-feira – das 14h às 15h30

Quinta-feira – das 8h30 às 10h

Local: Coordenadoria de Inclusão social

Atendimentos externos dependem de agendamento

Formado em Jornalismo pelo Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva. Já atuou como repórter nas três maiores redes de televisão do Brasil, sendo a Record TV de São Paulo a última delas. Também trabalhou em rádio, em jornal impresso e em assessoria de marketing e de imprensa.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *