Chacina deixa sete mortos e dois feridos na Zona Norte de SP

Polícia Civil investiga o caso para tentar identificar os criminosos, que fugiram após disparar contra as vítimas(Foto:Nivaldo Lima/SP AGORA)

A polícia ainda não sabe o que motivou a segunda chacina do ano na capital paulista, desta vez ocorrida a 150 metros de uma base da Policia Militar.

No fim da noite de ontem, sete homens morreram e outros dois sobreviveram em um ataque a tiros ocorrido em um bar na Rua Antonio Sérgio de Matos, esquina com a Rua João Lucas Alves, no Jaçanã, Zona Norte.

Os disparos contra as pessoas que estavam dentro e fora do estabelecimento foram feitos por desconhecidos que chegaram em um carro e uma moto.

Os mesmos homens que ocupavam o automóvel já haviam passado em frente ao bar procurando por uma das vítimas, que não estava no bar.

Ao retornarem, em um maior número, os atiradores enfim encontraram o suposto verdadeiro alvo, no entanto atiraram contra todos. Algumas das vítimas ainda correram para o banheiro, mas foram atingidas e também morreram.

Dois dos baleados continuam internados nos hospitais São Luiz Gonzaga, Mandaqui e Geral de Guarulhos.

Esta foi a segunda chacina do ano registrada na capital.

Na madrugada de 11 de fevereiro, um sábado, três jovens foram mortos a tiros em um bar, na Avenida Bento de Sousa, no Parque Santa Edwiges, região do Jardim Ângela, zona sul de São Paulo.

Marcos Vinícius Suzuki, Alessandro do Santos Evangelista e Mateus Santos, se envolveram em um discussão com um dos frequentadores, que sacou uma arma e passou a atirar. Os três jovens morreram no local.

O assassino, a exemplo dos atiradores de ontem, continua foragido.

PMs foram para a Rua Antonio Sergio de Matos, 23, no bairro Jova Rural, e constataram as seis vítimas fatais(Foto:Nivaldo Lima/SP AGORA)

...................................................................................................

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Deixeum comentário

wpDiscuz