Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Conheça os riscos do reuso da cera de depilação


Foto: Leca Novo / Divulgação

A depilação com cera morna é praticada por salões do Brasil inteiro há muitos anos. O método em si é seguro, porém alguns estabelecimentos fazem o reuso de cera depilatória. Essa prática é proibida pela Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e traz riscos para a cliente e depiladora. O perigo está na chance de contrair doenças contagiosas, desde micose até hepatite C.

“A cera, quando utilizada, carrega pelos, substâncias e microrganismos presentes na pele, até mesmo secreções como suor ou sangue. Não existe uma forma de esterilizar este material, ele deve ser descartado”, comenta Evangelina Gomes, especialista técnica da Depyl Action, rede especializada em depilação com mais de 20 anos de experiência, a respeito dos riscos do reuso do material.

O que acontece é que alguns estabelecimentos recolhem a cera utilizada, aquecem e coam, retirando os pelos. O processo não tira e tão pouco mata os microrganismos, transforma a cera em uma mistura repleta de agentes infecciosos. Para te ajudar a não cair nessa, Evangelina separou algumas dicas para se atentar antes de se depilar.

Espaço: Observe se a cabine de depilação e seu entorno estão aparentemente higienizados. O protetor de maca deve ser descartado após cada atendimento. Espátulas e pinças podem ser descartáveis ou estar esterilizadas e devem estar sem vestígio nenhum de cera anterior;

“Não existe uma forma de esterilizar este material, ele deve ser descartado”, alerta Evangelina Gomes.
Foto: Leca Novo / Divulgação

Depiladores: A profissional que executar o procedimento de depilação, deve manter as mãos higienizadas, fazer uso de luvas durante todo o atendimento e no descarte da cera, para garantir a segurança de todos.

Fiscalização: Se não conhece o local, opte por redes especializadas em depilação ou locais que sabe que são fiscalizados. Isso minimiza o risco do reuso;

Cera: Não é tão simples saber se a cera foi utilizada apenas observando seu aspecto. O ideal é que esteja seguro antes de precisar desta avaliação. Em geral a cera nova é clarinha, elástica e seca rápido na pele. Conforme ela é reutilizada tende a escurecer e perder suas propriedades, fica mais dura e demora para secar na pele.

Formado em Jornalismo pelo Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva. Já atuou como repórter nas três maiores redes de televisão do Brasil, sendo a Record TV de São Paulo a última delas. Também trabalhou em rádio, em jornal impresso e em assessoria de marketing e de imprensa.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.