Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Ele Transformou Saquinhos de Pão em Franquia de R$ 6 Milhões

Franquia de publicidade em sacos de pão prevê faturar R$ 10 milhões em 2018

Aquele pãozinho fresquinho de todas as manhãs dificilmente falta na mesa do brasileiro. O que ninguém havia conseguido, até então, era ver  neles algo além do cheirinho irresistível. Estamos falando de R$ 6 milhões, só no ano passado.

Raphael Mattos, 28 anos, trabalhava em Recife em uma multinacional do setor de auditoria quando a mulher engravidou, em 2015. Precisando melhorar a renda e de olho no futuro, ele se reinventou e tirou da cartola um negócio inusitado que, hoje, é sucesso em várias regiões do Brasil.

O jovem administrador percebeu que saquinhos de pão poderiam servir como impulso para propagandas de negócios de bairros. Para chamar a atenção do consumidor final, no entanto, apostou, e aposta até hoje, na distribuição de prêmios entre os clientes.

Assim nasceu a franquia PremiaPão, que já conta com mais de 200 franqueados.

“Eu tinha sete meses para fazer o negócio decolar e só restava trabalhar dentro do quarto do bebê que estava por vir. Largar o emprego foi uma decisão difícil. Comecei o negócio com R$ 10 mil, chamei o Pedro Machado e o Diego Castro, dois amigos de longa data, e assim nasceu a empresa”, explica Raphael co-fundador da franquia PremiaPão.

Foto: Divulgação

Raphael Mattos criou franquia que vende publicidade em saco de pão e hoje tem mais de 200 franqueados

Na prática, a PremiaPão vende espaços publicitários em saquinhos de pão. Os sorteios acontecem uma vez por mês e para participar é preciso que o consumidor faça um cadastro no site da empresa – cada saquinho vem com um código promocional.

Os sacos são fornecidos sem custo para as padarias e outros estabelecimentos que queiram utilizá-los.

A função dos franqueados é vender esses módulos de publicidade que custam a partir de R$ 500 para anunciantes que tenham empresas perto da padaria que vai usar esses sacos para vender pães.

“A publicidade neste tipo de mídia é uma ótima maneira de fazer propaganda. É costume nacional tom

ar café da manhã com pãozinho quente. Ou seja, muita, mas muita gente mesmo tem contato com o que está escrito nos saquinhos”, explica Mattos.

O modelo de franquia da PremiaPão é home-based, ou seja, o franqueado trabalha em casa. O investimento não é alto: a partir de R$ 8 mil, que pode variar de acordo com o número de habitantes da região do franqueado.

“Já nascemos com essa proposta. A ideia inicial foi exatamente essa. Valor baixo com comodidade e flexibilidade para o franqueado. É um modelo que vem dando muito certo, pois se encaixa na realidade financeira atual dos brasileiros”, explica.

Para 2018, a previsão é que o faturamento da franquia chegue a R$ 10 milhões.

Formado em Jornalismo pelo Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva. Já atuou como repórter nas três maiores redes de televisão do Brasil, sendo a Record TV de São Paulo a última delas. Também trabalhou em rádio, em jornal impresso e em assessoria de marketing e de imprensa.

Deixe seu comentário

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.