Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Arroyo Ceballos destaca a “Antologia da Matéria” em nova exposição

Trabalho do artista Arroyo Ceballos chegará ao Brasil

O criador multidisciplinar de Córdoba, na Espanha, faz um resumo de seu trabalho pictórico e escultural nos últimos anos em seu recém-completado 30º aniversário nas artes. Ele pretende vir ao Brasil em breve.

A exposição “Antologia da Matéria”, realizada na Diputación de Jaen, na Espanha, é uma grande evento com cerca de 15 pinturas de médio e grande formato, uma instalação e quatro esculturas do criador multidisciplinar de Córdoba, Francisco Arroyo Ceballos, tentando capturar o elo entre suas obras e o que ele próprio chama sua “descoberta material” porque sua conhecida técnica mista, dentro do estilo abstrato simbólico, é a base e o suporte de tudo o que é desenvolvido, enquanto tenta incentivar o espectador a descobrir os mil e um processos criativos que se reúnem em cada obra. Cada uma das rotas de fuga envolve a sensação do momento, uma vez que o processo de transmissão está intimamente relacionado aos sentimentos que ocorreram.

A internacionalidade de sua carreira, apoiada por mais de cem amostras, se espalha em mais de 30 museus e instituições de 11 nações e uma longa lista de prêmios e homenagens em vários países mostram claramente o valor de seu trabalho.

Arroyo Ceballos comemora 30 anos de carreira

Ao longo de sua carreira, ele obteve uma infinidade de sucessos nos diferentes campos que desenvolve, enfrentando um dos artistas multidisciplinares (pintura, escultura, instalação artística, música, literatura…) mais proeminentes no cenário atual. Existem também cerca de trinta livros de arte, poesia e crítico de arte publicados como autor ou co-autor, um álbum editado etc.

Homenagens recebidas nos EUA (Museu de Arte Latino da Califórnia), no México no Arquivo Histórico de Sinaloa (com a entrega de um prêmio do Governador de Sinaloa), em Portugal na Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, com cerca de trinta anos de artistas de vários países juntamente com a Associação Cultural “Aires de Córdoba” ou a que recebeu em 2013 em sua cidade natal.

Em abril de 2013, um museu com seu nome foi inaugurado em Fuente Palmera (Córdoba). Em 12 de março de 2014, ele foi selecionado para comemorar a bienal Espanha-Japão, realizado em Córdoba, para entregar um trabalho próprio ao embaixador do Japão na Espanha, Satoru Satoh.

Em março de 2015, ele foi indicado em uma reunião realizada em Paris como membro da Associação Internacional de Críticos de Arte AICA por seus anos de trabalho como membro da Associação Espanhola de Críticos de Arte AECA.

Em novembro de 2016, o MAI Colômbia (Movimento Artístico Internacional da Colômbia) reconhece a gestão cultural e artística.

Em dezembro de 2017, foi nomeado Membro Honorário pelo conselho de administração da Fundação Arte Sem Fronteiras para a Paz (Colômbia). Em janeiro de 2018, ele fundou o grupo “Córdoba Contemporânea” e, em 2019, pela Organização Mundial de Artistas Integrados OMAI (México).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Fale agora com nossa equipe!
Powered by