Acidente deixa 13 mortos e 39 feridos em rodovia de Minas Gerais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Sete veículos se envolveram no acidente (Foto: Samu/ Divulgação)

Treze pessoas morreram e 39 ficaram feridas em um grave acidente na BR-251, em Grão Mogol, no Norte de Minas, na manhã deste sábado (13). Seis corpos foram encontrados debaixo das ferragens dos veículos.

Segundo o Samu e os Bombeiros, onze pessoas estão em estado grave, uma em estado gravíssimo e 27 sofreram ferimentos leves. O acidente envolveu sete veículos:

um caminhão que fazia o transporte de outro caminhão;
dois micro-ônibus;
duas carretas;
uma van.

Segundo Joana Dark, da Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu assim:

um caminhão fazia o transporte de outro caminhão no sentido Montes Claros e invadiu a contramão;
esse caminhão colidiu com um micro-ônibus que seguia no sentido contrário, em direção a Salinas;
uma van tentou desviar da colisão e acabou atingida por uma carreta;
essa van saiu da pista e tombou;
o caminhão que começou o acidente continuou desgovernado;
esse caminhão bateu ainda contra outra carreta, que transportava papel;
essa carreta saiu da pista e pegou fogo;
ainda desgovernado, o caminhão colidiu contra outro micro-ônibus;
o caminhão que era transportado caiu em cima desse micro-ônibus.

O motorista da carreta que pegou fogo viajava com dois filhos, de 5 e 17 anos. “O condutor conseguiu salvar apenas o filho de 5 anos e a filha de 17 faleceu dentro do veículo”, explicou Joana Dark.

Um dos micro-ônibus envolvidos no acidente era registrado em Catolé do Rocha, no sertão da Paraíba. Pelo menos cinco pessoas eram moradores da cidade. O motorista e proprietário do veículo, Kalyandro da Silva de Oliveira, foi um dos mortos no acidente. O prefeito interino de Catolé do Rocha, Lauro Maia, decretou luto oficial de três dias na cidade.

A rodovia ficou interditada próximo ao Povoado de Bocaina, em Grão Mogol, e o trânsito foi totalmente liberado por volta das 16h30. Segundo a PRF, a pista deve ser fechada novamente para a remoção dos veículos. O congestionamento chegou a 20 km nos dois sentidos da pista.

Segundo o Samu, ambulâncias do suporte avançado e básico de Montes Claros, e unidades de Francisco Sá, Salinas, Cristália e Porteirinha se deslocaram para o local do acidente. Um helicóptero da Polícia Militar auxiliou no socorro às vítimas, que foram levadas para hospitais de Francisco Sá, Salinas e Montes Claros. Segundo a diretora do hospital de Salinas, oito pessoas foram atendidas e liberadas, uma permanece internada e está estável, e, outra vítima foi transferida para Taiobeiras. As unidades de saúde de Francisco Sá e Montes Claros informaram que os feridos estão estáveis.

A enfermeira do Samu Michelly Santos falou sobre o que a equipe viu logo que chegou onde ocorreu a batida.

“A situação lá é muito triste. É um micro-ônibus, um caminhão que tinha outro caminhão em cima dele, que colidiu com o ônibus e esse eixo parece que foi para dentro do ônibus. Vítimas presas nas ferragens, algumas em óbito e outras sendo retiradas. O médico do SAMU, é ele que tria os pacientes que estão em estado mais grave. Os mais graves vêm de helicóptero e os mais estáveis por transporte terrestre”, relatou.

De acordo com os bombeiros, uma guarnição de combate a incêndio e duas de salvamento atuam no acidente.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas