Dia dos namorados deve impulsionar vendas com cartão, diz fintech

Gasto médio será de R$ 71, com vestuário liderando os presentes
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Arquivo/Agência Brasil)

Sendo uma das cinco datas comemorativas mais importantes para o varejo, o Dia dos Namorados deve apresentar crescimento nas vendas neste ano em relação a 2020. De acordo com estimativas da Acqio, divulgada em nota à imprensa, o varejo deve observar uma alta no volume de transações processadas por cartão de crédito e débito de 7% na semana que antecede o evento, e de 18% somente no dia 12 de junho – ante o ano anterior.

“A projeção da fintech brasileira de soluções de pagamentos e adquirência segue em linha com o esperado pelo comércio brasileiro”, diz a nota.

Ainda segundo dados da Acqio, o tíquete médio dos pedidos deve somar R$ 71 na data deste ano, com o segmento de vestuário, como roupas e sapatos, se destacando. Itens relacionados à alimentação também devem ter alta no número de vendas, aponta comunicado.

“Mesmo em meio à pandemia, estamos observando uma retomada forte do varejo e do uso do plástico como meio de pagamento preferencial”, afirma Felipe Valença, CEO da Acqio.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas