Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio

Ainda não há nova data para o desfile na Marquês de Sapucaí
(Fernando Maia/Riotur)

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, de forma unânime, na noite desta quinta-feira (24/09), durante reunião entre representantes das agremiações. Ainda não há nova data para o desfile.

O presidente da Liesa, Jorge Castanheira, afirmou que, como ainda não se sabe se haverá uma vacina até o Carnaval, não haverá tempo hábil para as agremiações se prepararem.

Notíciasrelacionadas

Ele destacou, no entanto, que, por enquanto, os desfiles não foram suspensos, apenas adiados. A Liesa continuará acompanhando a situação da pandemia e fará novas reuniões para decidir se será possível realizar os desfiles em uma nova data em 2021 ou se o evento terá mesmo que ser cancelado.

“Em função de toda essa insegurança, essa instabilidade em relação a área da ciência, de não saber se lá em fevereiro vamos ter ou não a vacina, chegamos à conclusão que esse processo tem que ser adiado. Não temos como fazer em fevereiro. As escolas já não vão ter tempo nem condições financeiras e de organização de viabilizar até fevereiro”, destacou Castanheira.

Devido às restrições e regras de distanciamento social provocadas pela pandemia de covid-19, os trabalhos nos barracões das escolas de samba do Rio de Janeiro ainda não começaram.

Os presidentes das escolas de samba concordam que a realização do desfile na data antes prevista, em fevereiro, seria um desafio de tempo e logística.

Na Alemanha, a pandemia de coronavírus fez com que na última sexta-feira o governo de Renânia do Norte-Vestfália cancelasse, após reunião com a liderança de entidades carnavalescas, os grandes desfiles e eventos do próximo Carnaval. Com a medida, não serão realizadas em 2021 paradas carnavalescas como as das cidades de Colônia, Düsseldorf, Bonn e Aachen, que estão entre as maiores e mais tradicionais do país.

MD/ebc/epd

Por Deutsche Welle

Notícias relacionadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo