Jornalista inglês desaparecido ‘ama o Brasil’, diz cunhado

“Ele ama o Brasil e dedicou sua carreira à cobertura da Floresta Amazônica", disse

A família do jornalista inglês e colaborador do jornal The Guardian, Dom Phillips, que está desaparecido no Vale do Javari, no interior do Amazonas, comentou nas redes sociais sobre a relação dele com a Floresta Amazônia. Em uma publicação no Twitter, o cunhado Paul Sherwood disse que Phillips ama o Brasil.

Na publicação, o cunhado faz um apelo para as autoridades brasileiras encontrarem Phillips o mais rápido possível. Para Paul Sherwood, o tempo é essencial, neste momento.

“Ele ama o Brasil e dedicou sua carreira à cobertura da Floresta Amazônica. Entendemos que o tempo é essencial, então, por favor, encontre nosso Dom o mais rápido possível”, escreveu Paul Sherwood no Twitter.

Na mesma publicação, Sherwood implora para que a Guarda Nacional, a Polícia Federal e todos os poderes sejam enviados para buscas de Phillips.

“O irmão da minha parceira Sian, Dom Phillips, desapareceu em uma viagem na Amazônia. Imploramos às autoridades brasileiras que enviem a Guarda Nacional, Polícia Federal e todos os poderes à sua disposição para encontrar nosso querido Dom”, implorou.

Preocupante

Dom Phillips posa para foto com a floresta amazônica ao fundo.
Dom Phillips, jornalista (Reprodução)

Amigos e colegas do jornalista Dom Phillips no The Guardian foram às redes sociais para falar sobre o desaparecimento dele. Em uma publicação, nas redes sociais, o também correspondente do jornal britânico, Tom Phillips, destacou as ameaças sofridas por Dom e disse que o cenário é extremamente preocupante.

“Meu amigo e colega @domphillips desapareceu durante uma reportagem na Amazônia brasileira com um dos principais especialistas indígenas, Bruno Pereira, poucos dias depois de receber ameaças. Extraordinariamente preocupante. Por favor, compartilhe o mais amplamente possível”, escreveu o colega no Twitter.

Além de Tom Phillips, o editor de meio ambiente do jornal, Jonathan Watts, fez um apelo nas redes sociais para que as autoridades brasileiras lancem, de forma urgente, uma operação de busca pelo correspondente inglês e o indigenista.

“Dom Phillips, um excelente jornalista, colaborador regular do @guardião, e grande amigo, está desaparecido no Vale do Javari, no Amazonas, após ameaças de morte a seu companheiro indigenista Bruno Pereira, que também está desaparecido. Apelando às autoridades brasileiras para que lancem, urgentemente, a operação de busca”, publicou no Twitter.

Quem era Dom Phillips?

Veterano no jornalismo internacional, Dom Phillips é natural do condado de Merseyside, região da cidade de Liverpool, no noroeste inglês. Ao longo da carreira como jornalista, Phillips trabalhou para veículos como o Financial Times, New York Times, Washington Post, Bloomberg, Daily Beast, revista de futebol Four Four Two e o jornal de energia Platts, entre outros.

Em 2007, o jornalista se mudou para o Brasil. De acordo com o jornal The Guardian, Dom Phillips está trabalhando em um livro sobre meio ambiente, com apoio da Fundação Alicia Patterson.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.