Ministros do STF mantêm prisão do deputado Daniel Silveira

Daniel Silveira foi preso em flagrante

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) mantiveram o deputado Daniel Silveira preso, em decisão do plenário, na tarde de hoje (17). A manutenção da prisão foi unânime.

Daniel Silveira passou a madrugada desta quarta-feira (17) detido na sede da Polícia Federal do Rio de Janeiro. Ontem (16), ele divulgou um vídeo em apologia ao AI-5, ato institucional mais violento da ditadura militar, e defendeu o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF).

Notíciasrelacionadas

A prisão em flagrante foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes. Pare ele, Silveira cometeu crimes contra “a honra do Poder Judiciário e dos ministros do Supremo Tribunal Federal” e tal conduta também é prevista como crime na Lei de Segurança Nacional. O deputado foi levado por volta da 1h30 ao prédio da Superintendência da PF, após exames no Instituto Médico Legal (IML).

Defesa

Por uma rede social, a assessoria jurídica do deputado confirmou que ele está na carceragem da Polícia Federal, no Rio de Janeiro, e disse que a prisão é ilegal e representa “violento ataque  à liberdade de expressão e inviolabilidade da atividade parlamentar”.

*Com Agência Brasil

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Notícias relacionadas

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo