PM que pisou no pescoço de mulher é denunciado à Justiça Militar

Militares agrediram mulher, na zona sul de São Paulo, em maio de 2020
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Policial é gravado pisando no pescoço da vítima (Arquivo/TV Globo/Reprodução)

A Promotoria de Justiça Militar denunciou os dois policiais que agrediram a proprietária de um estabelecimento em Parelheiros, na zona sul de São Paulo. Em vídeo, um dos agentes aparece pisando no pescoço de Elisabete Teixeira da Silva no dia 30 de maio de 2020.

O Ministério Público de São Paulo (MPSP) informa que os PMs responderão por lesão corporal grave, abuso de autoridade, falsidade ideológica e inobservância de regulamento.

Em nota, o MPSP aponta que a vítima “foi atacada ao tentar impedir a agressão contra dois homens praticada pelos policiais, que tinham sido acionados para atender uma ocorrência”.

Ainda de acordo com o texto, os policiais teriam dito na delegacia que foram agredidos com barra de ferro, socos e chutes. No entanto, as afirmações são falsas, e os dois foram desmentidos após a análise das imagens e a coleta de depoimentos por parte das testemunhas.

“Inseriram e fizeram inserir declaração falsa e diversa da que devia ser escrita, com o fim de alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante, atentando contra a administração e o serviço militar”, coloca a promotora do caso Giovana Ortolano Guerreiro.

Por TV Cultura

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas