Morre José Marques de Melo, Jornalista Perseguido pela Ditadura

Um infarto, às 15h desta quarta-feira (20), matou o jornalista, pesquisador e professor de comunicação, José Marques de Melo, aos 75 anos, em São Paulo. A morte foi divulgada no portal da Universidade Metodista, onde ele atuava como coordenador de pós graduação.

Natural de Palmeira dos Índios, em Alagoas, em 1943, iniciou a carreira como jornalista aos 16 anos, antes de se formar em jornalismo na Universidade Católica de Pernambuco, em 1964.

Notíciasrelacionadas

É considerado um dos mais importantes teóricos da comunicação na América Latina.

“Teve como principal influência o legado de Luiz Beltrão, de quem foi assistente no início de sua carreira acadêmica, em 1966, na UNICAP. Participou da fundação da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), em 1967. E foi na USP que defendeu a primeira tese de doutorado do Brasil sobre sobre o jornalismo”, diz publicação da Metodista.

Perseguido durante a Ditadura Militar, acabou forçado a abandonar as aulas na USP ao ser demitido em 1974, acusado de manter atividades “subversivas”. A perseguição de militares aos jornalistas, aos professores e aos estudantes inclui a morte de um dos docentes do departamento de jornalismo da USP na época, Vladimir Herzog.

“Esse episódio motivou o jornalista Audálio Dantas a escrever o livro-reportagem As duas guerras de Vlado Herzog, vencedor do Prêmio Jabuti de Reportagem em 2013, ano em que o professor Marques de Melo conquistou o Prêmio Jabuti de Comunicação, com o livro História do Jornalismo (Paulus)”, cita outra publicação.

Em 2015, o Governo Brasileiro concedeu oficialmente anistia à José Marque de Melo, acompanhada de um pedido formal de desculpas. O professor era titular da Cátedra Unesco de Comunicação para o Desenvolvimento Regional.

O corpo do jornalista será velado no Cemitério do Morumbi, a partir das 22h desta quarta (20), e o enterro será no mesmo local, às 11h desta quinta-feira (21).

Em vídeo publicado há três anos, o professor fala sobre comunicação na América Latina.

(Com informações do Portal da Universidade Metodista)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Notícias relacionadas

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo