Mulher que empurrou Padre Marcelo é do Rio de Janeiro

Ela estava em um excursão e teria problemas mentais.

A mulher que empurrou o Padre Marcelo Rossi de cima do palco durante a celebração de uma missa, em Cachoeira Paulista, no interior de São Paulo, é do Rio de Janeiro. Ela foi até o local, onde era realizado o acampamento religioso “Por hoje não”, da comunidade Canção Nova, junto com uma excursão.

Após o incidente, ela foi levada para a delegacia de Lorena, onde prestou depoimento. Ao deixar o local do evento o Padre relatou que estava apenas com “algumas ‘dorzinhas’. Isso aí é normal, não quebrou nada. Amém”.

Notíciasrelacionadas

Em um vídeo divulgado pela Canção Nova, o Padre Marcelo disse que estava bem.

“Canção Nova, glória a Deus. Maria passou na frente, pisou na cabeça da serpente. Estou ótimo”, tranquilizou o sacerdote, que preferiu não prestar queixa contra a mulher.

Padre Marcelo Rossi (TV Canção Nova/Reprodução)

A mulher sofre de transtornos mentais, segundo integrantes da excursão relataram aos policiais. Apesar de o Padre não registrar Boletim de Ocorrência, um termo circunstanciado foi aberto com base no relato feito pela comunidade católica Canção Nova.

https://www.youtube.com/watch?v=7N663QmHtPU

*Com informações da Agência Brasil

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Notícias relacionadas

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo