Alckmin diz que ‘não precisa acalmar o empresariado’ sobre Lula

Alckmin se filiou ao PSB para ser vice de Lula

O ex-governador Geraldo Alckmin (PSB-SP) disse nesta quarta-feira (23) que não precisa acalmar o empresariado brasileiro em relação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A declaração aconteceu durante a filiação do político ao PSB.

“Não precisa acalmar o empresariado. Ao contrário. Todos querem que a economia cresça, que a economia volte a funcionar e a que população tenha melhor qualidade de vida. Esse é o desafio: é consolidar o processo democrático, retomar atividade econômica, gerando emprego e renda e recuperar políticas públicas”, disse.

Geraldo Alckmin, homem de pele clara, usa óculos de grau com armação discreta. Calvo, tem cabelos grisalhos na lateral da cabeça.
(Reprodução)

Geraldo Alckmin filiou-se nesta quarta-feira (23) ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). O evento aconteceu na sede da Fundação João Mangabeira, em Brasília. Também participaram da cerimônia a presidente do PT Gleisi Hoffmann, o presidente do PSB Carlos Siqueira, Flávio Dino, governador do Maranhão, Márcio França, entre outros parlamentares.

O ex-governador ainda falou sobre as reações anti vacinas e sobre o negacionismo. Além disso, citou o presidente Jair Bolsonaro, indiretamente. “É inacreditável, em pleno século 21, ter negacionismo de vacina e de vacina para criança. E no país que tem um dos melhores protocolos de vacinação no mundo”, completou.

“A disposição é reduzir o ódio, a intolerância. Isso é um retrocesso. Política é arte e ciência em encontro do bem comum. Precisa gostar de gente, amar as pessoas, buscar o próximo. E ciência é preparo para decisões difíceis, que não são simples. Coração aberto. Política é amor as pessoas”, afirmou.

Lula deve ser o vice-presidente na chapa do ex-presidente Lula (PT). Apesar do anúncio oficial ainda não ter acontecido, os dois já conversaram e negociaram a união em reuniões e pronunciamentos.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.