Ernesto Araújo é ouvido na CPI da Covid-19

Ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, fala aos senadores
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 abriu pouco antes das 9h30 desta terça-feira a sessão em que ouvirá o ex-chanceler Ernesto Araújo. Entre os questionamentos direcionados ao ex-chefe do Itamaraty, senadores devem indagar sobre uma série de telegramas que revelaram que Araújo mobilizou o Itamaraty para garantir fornecimento de fármacos sem a eficácia comprovada para o tratamento da covid, além de quais foram os esforços realizados pela Pasta para garantir obtenção de vacinas contra covid-19.

Araújo, que integrava a ala mais ideológica do governo, comandou o Ministério das Relações Exteriores por cerca de 800 dias antes de decidir entregar o cargo ao presidente Jair Bolsonaro, no final de março. O ex-chanceler deixou o cargo após forte pressão do Congresso Nacional.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas