Bolsonaro ataca a imprensa ao comentar compra de leite condensado

Nota do Ministério da Defesa justifica compra dos produtos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil (Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro falou, em evento privado nesta quarta-feira (27), sobre a polêmica dos gastos do Governo Federal com alimentos em 2020. Segundo levantamento do (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do jornal Metrópoles, no ano passado, os órgãos gastaram mais de R$1,8 bilhão em compras de supermercado, sendo R$ 15.641.777,49 destinados à compra de leite condensado.

“Não é para a presidência da República essa compra de alimentos, até porque a nossa fonte é outra. Para alimentar 370 mil homens do exército brasileiro, também programas de alimentação via Ministério da Cidade, Ministério da Educação. Se me acusam disso, é sinal que não tem do que me acusar”, justificou o presidente, que aproveitou a ocasião para ofender a imprensa pela divulgação da notícia. “Vai pra p* que o pariu. Imprensa de m* essa daí. É pra enfiar no r* de vocês aí”, disse em vídeo publicado pelo jornalista Samuel Pancher, no Twitter.

Bolsonaro também sugeriu, sem apresentar provas, que a pandemia de Covid-19 “pode ser fabricada” e afirmou que os processos de impeachment protocolados contra ele não vão “dar nada”. “Quis o destino que uma pandemia, que pode ser fabricada, nos atingiu no início do ano passado. Nós continuaremos nessa cadeira até o final de 2022, eu tenho certeza disso. Não adianta falar que tem 40 processos de impeachment. Se juntar todos, não dá nada”, comentou.

O evento, ocorrido na churrascaria Nativas Grill, na Vila Planalto, contou com a presença de personalidades políticas e artistas, todos sem máscaras de proteção contra o novo coronavírus. No vídeo, puderam ser vistos, ao lado do presidente, os cantores Amados Batista e Rick, da dupla sertaneja Rick e Renner.

Por TV Cultura

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas