Bolsonaro pede mobilização na reta final da campanha

Candidato disse que fará a reforma da previdência e reduzirá maioridade penal.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Tatiana Alves/Agência Brasil

O candidato do PSL à presidência da República, Jair Bolsonaro, gravou um programa político na casa do empresário Paulo Marinho, na zona sul do Rio, nesse sábado (13).

Na saída da gravação, Bolsonaro declarou que, se eleito, fará uma reforma da Previdência e que dará sequência ao projeto de redução da maioridade penal.

Questionado se a rejeição a ele será menor neste segundo turno das eleições, o candidato disse estar confiante em seu eleitorado.

Bolsonaro recomendou aos eleitores que se mantenham mobilizados e avalia que não é hora de “bobear”, apesar de ter uma diferença de 17 milhões de votos a mais em relação ao seu adversário, Fernando Haddad, do PT.

Candidato não teve agenda pública de campanha neste domingo.

Pelo Twitter, Bolsonaro declarou que, se for eleito, vai priorizar o ensino básico para formar grandes profissionais no futuro.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas