Conselho de ética do Cidadania defende expulsão de deputado após assédio na Alesp

Relatório segue agora para executiva nacional do partido
Fernando Cury (Cidadania) toca a deputada Isa Penna (PSOL) durante sessão na Alesp (Reprodução)

O Conselho de Ética do partido Cidadania aprovou ontem (10) um relatório em que recomenda a expulsão do deputado estadual Fernando Cury. O parlamentar do partido foi gravado apalpando a deputada Isa Penna (PSOL) dentro do plenário da casa.

Segundo comunicado divulgado pelo partido, o parecer da Comissão e o relatório vão ser encaminhados para a Presidência do Cidadania, “à qual caberá convocar o Diretório Nacional para deliberar a respeito e decidir pela expulsão ou não do parlamentar”, informa.

Notíciasrelacionadas

“As imagens do plenário por si conferem clareza ao acontecimento, com nitidez, câmeras flagraram um comportamento descabido, rasteiro e incongruente por parte do deputado Fernando Cury contra a deputada Isa Penna. O fato é grave e insolente, não nos permite outra interpretação que não a de estarmos diante de um acontecimento desrespeitoso e afrontoso, que deve ser combatido”, destacou a relatora, Mariete de Paiva Souza.

Para a relatora do procedimento, a importunação sexual sofrida pela deputada fere frontalmente o Código de Ética do Cidadania em seu artigo 3º, inciso I.

Em nota ao G1, Cury disse que não tem “dúvidas de estar sendo submetido a um julgamento ilegal, sumário e de exceção, que viola o Código de Ética do próprio partido e a Constituição Federal.”

Notícias relacionadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo