Estado analisa parceria de indústria farmacêutica com USP e Butantan

Davos: Doria se encontrou com o presidente do instituto
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
João Doria ao lado de James Bradner, da Novartis, na Suíça (Facebook/Reprodução)


O Governador de São Paulo, João Doria, se reuniu com o Presidente do Instituto Novartis de Pesquisa Biomédicas, James Bradner, para discutir uma parceria da empresa com a Universidade de São Paulo (USP) e o Instituto Butantan, ligado à Secretaria de Estado da Saúde, na área de pesquisa. O encontro ocorreu durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

“Nos últimos três anos a Novartis do Brasil teve um investimento de U$ 150 milhões em programas de pesquisa. Agora o objetivo é que o Governo de São Paulo, ao lado da Novartis, possa realizar um programa para os próximos 10 anos”, afirmou o Governador.



Doria e Bradner irão se encontrar novamente, desta vez no Brasil, para o desenvolvimento desta proposta.

Doria está no Fórum Econômico Mundial para atrair investimentos estrangeiros para São Paulo. Entre o portfólio disponível, estão parcerias com o setor privado para que o Instituto Butantan se torne o maior produtor mundial de vacinas.

O Governador está apresentando no Fórum todo o pacote de desestatização do Estado. O plano de privatizações do Governo de São Paulo é extenso e contempla desde aeroportos até novos trechos de rodovias e estradas férreas estaduais.

Entre elas está a concessão de 20 aeroportos para a iniciativa privada, de 139 km de linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), de 79 km do Metrô, de hidrovias, parques estaduais e o Trem Intercidades (TIC), com 135 km entre Capital, Jundiaí, Campinas e Americana.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *