Estado deve rever decisão de fechar Casas da Agricultura, diz APAER

APAER costura proposta com pesquisadores de 4 universidades públicas e da Embrapa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Gustavo Junqueira reunido com representantes das associações (Marcelo Nadalon/Apaer)

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira, se comprometeu a rever a decisão de fechar todas as Casas da Agricultura, durante reunião com associações que representam extensionistas rurais, na terça-feira (3). A mudança de rumo ocorreu, segundo a Associação Paulista de Extensão Rural (APAER), após a intervenção do vice-governador, Rodrigo Garcia (Democratas), com forte base eleitoral no Noroeste Paulista. Garcia e o deputado estadual Reinaldo Alguz (PV), este segundo presente no encontro, prometeram trabalhar para ampliar o orçamento da pasta. 

Junqueira disse que “com apoio político” é possível pensar em uma estrutura que contemple as Casas da Agricultura, mas sem descartar a necessidade de uma reforma para modernizar a pasta. “O secretário disse que o vice-governador e alguns deputados se comprometeram a trabalhar para ampliar o orçamento da Secretaria para o exercício de 2021, e isso permitiu a reanálise do fechamento físico das Casas”, explica Antônio Marchiori, presidente da APAER.

Na reunião, ficou decidido que o projeto apresentado pelas entidades presentes será analisado de forma pública. “A secretaria pretende colocar os técnicos para se reunirem com as associações e debaterem a proposta”, detalhou Marchiori. “Deixamos claro que sustentaremos que a reestruturação não pode representar o extermínio das Casas da Agricultura”.

Segundo a APAER, Junqueira deu prazo até dia 13 de novembro para que as entidades apresentem uma proposta para reorganizar o serviço de extensão rural e de defesa agropecuária no Estado. A associação, que já havia entregue ao secretário um documento com diretrizes para o setor, informa que tem pronto um projeto elaborado por especialistas da entidade, de quatro universidades (Unesp, Esalq/USP, Unicamp e Ufscar)  e da Embrapa.

‘Hub do Agro Paulista’

A proposta desenhada pela entidade reúne dados que comprovam a eficiência das Casas da Agricultura para promover desenvolvimento social e econômico no Estado, com alerta de potencial prejuízo aos municípios com atividade agrícola forte, se as Casas forem fechadas. O projeto valoriza e estimula a identidade agropecuária de cada região, chama a atenção para áreas socialmente mais vulneráveis, além de propor ações para modernizar a gestão. A modernização da governança é contemplada: a proposta sustenta a necessidade de eleição por lista tríplice para quem ocupará cargos de direção e coordenação na SAA. 

O documento também recomenda fortalecer as Casas da Agricultura, tornando-as um “hub do Agronegócio paulista” e enfatiza a necessidade de novas contratações para a Secretaria e de parcerias para atrair novas tecnologias que impulsionem a extensão rural.

“Além de especialistas, essa proposta da APAER contempla as sugestões de pequenos agricultores e cooperativas que dependem das Casas da Agricultura para continuar o trabalho de fortalecimento da agricultura familiar no Estado, o que fortalece o caráter social e democrático”, comenta David Rodrigues, vice-presidente da Apaer.

Mais informações:

https://apaerextensao.wixsite.com/apaer

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas