Médicos de Bolsonaro descartam necessidade de cirurgia

De acordo com médicos, "quadro de suboclusão intestinal se desfez”
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Nesta terça-feira (4), profissionais da saúde que acompanham a internação do presidente Jair Bolsonaro (PL) descartaram a necessidade de uma nova cirurgia para resolver uma obstrução no intestino.

De acordo com um boletim médico do Hospital Vila Nova Star, onde o presidente está hospitalizado em São Paulo, o quadro de suboclusão intestinal de Bolsonaro “se desfez”, “não havendo indicação cirúrgica”.

“A evolução do paciente clínica e laboratorialmente segue satisfatória e será iniciada hoje uma dieta líquida. Ainda não há previsão de alta”, menciona a nota.

Jair bolsonaro, homem branco, deitado na cama de hospital, com sonda no nariz, faz gesto de positivo com a mão direita.
(Reprodução)

Quem assina o boletim são os médicos Antônio Antonietto, Leandro Enchenique, Pedro Loretti, Ricardo Camarinha e Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, que acompanha as complicações causadas pela facada levada pelo presidente em 2018, ainda durante a campanha eleitoral.

Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo estava de férias nas Bahamas, mas voltou por causa da situação do chefe do executivo. Ele avaliou Bolsonaro nesta manhã depois de conseguir embarcar em um voo de volta ao Brasil.

*Com TV Cultura

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *