Pesquisa diz que Lula pode vencer no primeiro turno

Primeiro levantamento do ano mostra petista com 45% das intenções de voto

A pesquisa realizada pela Quaest Consultoria e encomendada pela Genial Investimentos revelou que, caso as eleições presidenciais ocorressem hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria ainda no primeiro turno.

O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral, e as entrevistas foram feitas entre os dias 6 e 9 de janeiro. Os resultados mostram o petista com 45% da preferência dos eleitores, quatro pontos percentuais a mais do que a soma dos outros candidatos.

Candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL) vem na segunda posição, com 23%. O ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) é o terceiro colocado, com 9%. Na sequência aparecem o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) com 5%, o governador de São Paulo João Dória (PSDB) com 3% e a senadora Simone Tebet (MDB), com 1%.

(Reprodução)

O presidente do Senado Rodrigo Pacheco (PSD) e o candidato do Novo Luiz Felipe d’Ávila não pontuaram. A pesquisa entrevistou 2.000 pessoas, no primeiro levantamento divulgado neste ano eleitoral.

Na simulação do segundo turno, Lula venceria os adversários por pelo menos 20 pontos percentuais de diferença. Contra o atual presidente, a vitória seria de 54% a 30%. Contra Sérgio Moro, ele teria 50% dos votos, contra 30%.

Na pesquisa sem lista de candidatos, o ex-presidente está à frente de Bolsonaro, mas fica atrás dos indecisos. O resultado tem: 52% de indecisos, 27% para Lula, 16% para Bolsonaro e 1% para Moro e Ciro Gomes.

De acordo com a Quaest Consultoria, 26% dos entrevistados não querem a vitória de Lula ou Bolsonaro e alimentam a esperança da chamada terceira via.

Por TV Cultura

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.