PSDB convoca reunião para discutir impeachment de Bolsonaro

Decisão foi tomada diante das "gravíssimas declarações do presidente"
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, marcou nesta terça (7) uma reunião para debater a abertura de um processo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

“O Presidente do PSDB, Bruno Araújo, convoca reunião Extraordinária da Executiva para esta quarta-feira, para diante das gravíssimas declarações do presidente da República no dia de hoje, discutir a posição do partido sobre abertura de de Impeachment e eventuais medidas legais”, publicou o partido nas redes sociais.

Em discurso a apoiadores na manhã de hoje, em Brasília, o presidente voltou a ameaçar o Supremo Tribunal Federal: “Ou o chefe desse poder enquadra o seu ou esse Poder pode sofrer aquilo que nós não queremos”, afirmou, dirigindo-se ao presidente da corte, Luiz Fux, e em referência ao ministro Alexandre de Moraes, protagonista de embates com o bolsonarismo. 

Veja:

As declarações ocorrem em um 7 de setembro marcado por manifestações favoráveis e contrárias ao governo Bolsonaro. 

Convocados pelo presidente, os atos pró-governo prometem movimentar pelo menos dez capitais brasileiras. Em São Paulo, apoiadores de Bolsonaro se reúnem na Avenida Paulista. O presidente também deve comparecer ao ato.

Outro ato na capital paulista, este contra Bolsonaro, está marcado para acontecer no Vale do Anhangabaú, a cerca de 4km de distância daquele pró-governo, a partir das 14h, e deve reunir 30 mil pessoas, segundo estimativas das lideranças à PM.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas