PSL: Operação prende pessoas ligadas a ministro

Candidaturas laranjas foram reveladas pela Folha de S. Paulo.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo (Valter Campanato/Agência Brasil)

A Polícia Federal realiza na manhã desta quinta-feira (27) a segunda fase da operação que investiga irregularidades nas eleições do ano passado. Um assessor e dois ex-assessores do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foram presos, segundo a Folha de S. Paulo.

A investigação da operação Sufrágio Ostentação apura suspeita de irregularidade na aplicação de recursos referentes a campanhas eleitorais femininas do PSL, em Minas Gerais. Ao todo também foram cumpridos três mandados de busca e apreensão.

As prisões e buscas ocorreram em Brasília, Governador Valadares e Ipatinga. Computadores e telefones foram apreendidos.

O caso de ‘laranjas do PSL’ foi revelado pelo jornal Folha de S. Paulo.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas