Queiroga volta ao Brasil após isolamento nos Estados Unidos

Em novo teste, ministro testou negativo para covid-19
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, desembarcou na manhã desta segunda-feira (04/10) no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, seguindo viagem para Brasília. Ele retornou ao Brasil após receber resultado negativo em novo teste para covid-19 realizado nos Estados Unidos, onde ficou em isolamento durante mais de dez dias.

Queiroga foi diagnosticado com covid-19 em 21 de agosto. Ele integrou a comitiva brasileira que foi aos EUA acompanhando a participação do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), mas acabou não voltando ao Brasil com o restante da delegação, devido ao diagnóstico, permanecendo isolado no hotel onde Bolsonaro também esteve hospedado. Mais tarde, ele trocou de hospedagem para um lugar de preço mais barato.  

Neste domingo, o ministro já havia indicado que estava próximo de voltar ao país. “Meu novo exame de RT-PCR deu negativo para a covid-19. Em breve retorno ao BR! Agradeço a todos que enviaram boas vibrações. Vamos em frente!”, escreveu Queiroga em uma rede social. Este foi o terceiro teste feito por Queiroga. Os dois primeiros haviam dado positivo.

Quatro infectados na comitiva

Queiroga já tinha sido imunizado com duas doses de vacina contra a covid-19. Na chegada a Guarulhos, Queiroga falou brevemente com jornalistas e disse que teve sintomas da doença apenas no início da infecção, afirmando que sua agenda nesta segunda-feira “é dormir”.

Um total de quatro dos 18 membros da comitiva de Bolsonaro aos EUA testaram positivo. Além de Queiroga, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e um diplomata que ajudou a organizar a viagem também contraíram a doença.

Os ministros Bruno Bianco, da Advocacia-Geral da União (AGU), e Tereza Cristina, da Agricultura, que não foram aos EUA mas que estiveram em ambientes por onde passaram membros da comitiva, também testaram positivo para o coronavírus.

Por Deutsche Welle
md/lf (ots)

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas