Roger Abdelmassih vai para hospital penitenciário

Ex-médico estava em prisão domiciliar.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Ex-médico Roger Abdelmassih (Arquivo/Fotos Públicas)

Decisão da 3ª Vara de Execuções Criminais da Capital suspendeu prisão domiciliar concedida em 2007 ao médico Roger Abdelmassih. A juíza Andréa Barreira Brandão determinou hoje (13) a transferência do sentenciado para o Hospital Penitenciário do Estado de São Paulo por período mínimo de 30 dias, até que seja realizada nova perícia judicial.

Entre as condições impostas ao cumprimento da prisão domiciliar está a perícia médica trimestral, a fim de se constatar a condição física e a possibilidade de retomada do cumprimento do restante da pena na prisão. A magistrada também destacou na decisão que denúncias apontam indícios de que Abdelmassih tenha feito uso de conhecimentos médicos para ingerir remédios que levaram a complicações de saúde intencionais.

Por essa razão, é necessário que ele permaneça “em ambiente controlado, recebendo seu arsenal terapêutico de forma regular e sob supervisão médica, até a realização da nova perícia judicial”.

*com informações do TJ-SP

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast