Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Calzone, a nova aposta no mercado de franquias

Rede quer abrir 50 unidades no primeiro semestre (Divulgação)


Nascido em Nápoles, cidade do sul da Itália, o calzone é um salgado no formato de uma pizza fechada. Nos últimos anos, o alimento ganhou grande popularidade devido à facilidade em manipulá-lo e a praticidade na hora de consumir. A sua fama pode ser observada pelo crescimento exponencial da Calzoon Sucos e Calzones, rede especializada na produção e comercialização de calzones que no último ano saltou de 10 para 40 unidades franqueadas pelo Brasil, apresentando um crescimento de 300%.

“O ano de 2019 foi excelente para a marca. O calzone se popularizou como uma novidade em diversos estados, e isso favoreceu muito a nossa expansão. Vamos inaugurar 50 novas unidades no primeiro semestre de 2020, e temos a expectativa de fechar o ano com 110 lojas operando. Nosso objetivo é tornar o calzone um salgado conhecido em todo Brasil por meio da nossa marca e rede”, comenta Bruno Jerke, CEO da Calzoon Sucos e Calzones.

Confira abaixo cinco motivos para acreditar no crescimento do mercado de calzones em 2020:

1 – Praticidade para comer 

Uma das vantagens do calzone é a praticidade de consumo. As pessoas podem comprar o salgado e comer caminhando seguindo as atividades do dia, sem a necessidade de garfo e faca e sem se preocupar em derrubar o recheio. Além disso ele tem um rápido preparo e pode ser comparado a uma refeição completa. Qualidades essas que trazem um potencial para o calzone competir com outros produtos de redes de fast-food.

2 – Produto coringa

Os calzones também entram em uma classificação de produtos acessíveis a todos os públicos. Seu preço varia de R$7 a R$ 9 reais, um valor que cabe no bolso de todas as classes sociais. A variedade de sabores é outro atrativo do produto, e na Calzoon Sucos e Calzones existem 15 opções salgadas e 3 doces. Além dos sabores tradicionais, a rede também conta com três versões vegetarianas, atendendo também a este público.

3 – Pouca manipulação do alimento 

Para aqueles que querem investir em uma franquia de calzone, a manipulação do alimento é quase zero. Os salgados chegam para o franqueado, prontos e congelados, sendo que o único trabalho em loja é assar o produto e atender ao cliente.

“Diferente das pizzas em que é necessário montar o produto final, dependendo ainda de um profissional com experiência, os calzones são mais práticos e rápidos de fazer. O produto vem direto da franqueadora congelado, é só tirar do freezer e colocar no forno. Em 15 minutos sai uma fornada de calzones quentinhos”, comenta Bruno.

4 – Produto mais saudável e com menor teor calórico

Os calzones são fabricados somente com ingredientes frescos e sem uso de conservantes. Após a montagem, o produto passa por um processo de ultra congelamento, que preserva as características naturais. Para o consumo, o calzone é assado no forno, sem fritura, o que o torna um produto com menor teor calórico e mais saudável do que a maioria daqueles que são oferecidos pelas redes de fast-food.

5 – Franquia de alimentação em ascensão e modelo de baixo investimento

Segundo a ABF (Associação Brasileira do Franchising), em 2019, o segmento de alimentação liderou o crescimento de novas redes franqueadoras. De acordo com a associação, o setor de franquias fechou o último ano com um aumento de 6,9% no faturamento nominal. Só no terceiro trimestre, o ramo de alimentação cresceu 6,7% em número de unidades, e se mantém entre os quatro setores com maior expansão.

“A alimentação é um dos segmentos mais procurados no universo de franquias. Mesmo durante as crises, é um ramo que mantém ou aumenta o faturamento pela variedade de opções de produtos e investimentos. A Calzoon Sucos e Calzones, por exemplo, possui um modelo de negócio de baixo investimento, a partir de R$ 150 mil, bem mais em conta comparado a outras opções no segmento”, explica Bruno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *