Após fogo em Paulínia, Petrobras importa Diesel para compensar produção

1,5 milhão de barris irão repor estoque.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Nielmar Oliveira/Agência Brasil

(Arquivo/Rovena Rosa/Agência Brasil)

A Petrobras iniciou a importação de querosene de aviação e óleo diesel para compensar a redução da oferta em consequência do incêndio ocorrido no último dia 20 que levou à paralisação da Refinaria de Paulínia (Replan), uma das maiores do país.

Segundo o gerente-executivo de Logística da estatal, Caludio Mastella, em um curto espaço de tempo a empresa deverá importar cinco cargas de óleo diesel, totalizando 1,5 milhão de barris, e uma de querosene de aviação para recompor estoques.

O aumento da importação de diesel, no entanto, não vai implicar em aumento no preço do produto no mercado interno, uma vez que o diesel está congelado em decorrência do acordo assinado entre o governo e os caminhoneiros e que levou ao fim da paralisação da categoria.

Mastella disse que a Replan deverá voltar a operar ainda esta semana, mas admitiu que a estatal, dependendo das necessidades internas, poderá importar uma quantidade maior dos dois derivados.

A situação do abastecimento interno é delicado neste momento, principalmente porque a Petrobras teve que aumentar as importações para atender ao mercado, em decorrência de as empresas da iniciativa privada decidirem reduzir a importação de diesel, alegando prejuízos com a operação desde que o governo negociou o congelamento e passou a subsidiar a venda do produto no mercado interno, pondo fim à greve dos caminhoneiros.

A Petrobras reafirmou, em nota, que “não estima impactos financeiros relevantes, mesmo com os remanejamentos da produção de outras refinarias, reforma das unidades atingidas e eventual importação de derivados, se necessária”.

“A Petrobras conta com estoques da própria refinaria [Replan], e com a produção das demais, para garantir a oferta de combustíveis aos seus clientes”, reafirmou a estatal.

https://spagora.com.br/refinaria-que-explodiu-em-paulinia-e-interditada-pela-anp/
Leia também!

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas