Após incêndio, refinaria está paralisada em Paulínia

Abastecimento não deve ser impactado de imediato.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Alana Gandra/Agência Brasil

(Arquivo/Rovena Rosa/Agência Brasil)

A Petrobras informou, em nota divulgada nesta terça-feira (21), que continuam paralisadas as operações na Refinaria de Paulínia (Replan), em São Paulo. Na madrugada de segunda (20), ocorreram explosões seguidas de incêndio na Replan.

Segundo a companhia, não houve feridos e o incêndio foi controlado por equipe de contingência da refinaria, em conjunto com o Corpo de Bombeiros.

A Petrobras informou que não há impacto imediato no abastecimento, uma vez que a empresa conta com estoque e produção das demais refinarias para garantir a oferta de combustíveis aos seus clientes.

“O incêndio atingiu parte de uma das unidades de craqueamento catalítico e de uma das unidades de destilação atmosférica, que fazem parte do processo de refino de petróleo, mas a extensão dos danos ainda passará por avaliação detalhada. A produção foi preventivamente paralisada, e a companhia está avaliando o prazo para retorno das demais unidades não afetadas pelo incêndio. A Petrobras reforça seu compromisso com a segurança de suas operações e instalações adotando padrões da indústria mundial de petróleo”, diz a nota da empresa.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas