Estoque de sangue no estado está em situação crítica

Cinco tipos sanguíneos têm disponibilidade para no máximo um dia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O estoque de cinco tipos de sangue da Fundação Pró Sangue – Hemocentro de São Paulo, que fornece sangue para todo o estado, chegou hoje (10) ao estado crítico: O positivo, O negativo, A negativo, B positivo e B negativo. Estado crítico significa que só há disponibilidade de fornecimento de sangue para, no máximo, mais um dia. O tipo A positivo está em estado de alerta (disponibilidade para até dois dias). Já o estoque de AB negativo e AB positivo estão estáveis. 

Para fazer a doação de sangue, o doador deve estar em boas condições de saúde; ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos; pesar no mínimo 50 kg; estar descansado e alimentado (evitar alimentação gordurosa nas quatro horas que antecedem a doação, e bebidas alcoólicas, 12 horas antes); e apresentar documento original com foto recente. Todos os doadores deverão passar pela triagem da Fundação Pró-Sangue, que obedece a normas nacionais e internacionais, como as do Ministério da Saúde e da Associação Americana e Conselho Europeu de Bancos de Sangue. 

Respostas a dúvidas sobre a doação e os horários específicos de funcionamento de cada posto podem ser obtidos pelo Alô Pró Sangue (11) 4573-7800 ou pelo site http://www.prosangue.sp.gov.br .

A Fundação Pró-Sangue está entre os cinco maiores bancos de sangue da América Latina e é centro de referência da Organização Pan-Americana de Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS). Mensalmente, coleta e processa cerca de 10.000 bolsas de sangue destinadas ao atendimento de cerca de 100 instituições públicas da rede estadual de saúde, entre elas o Hospital das Clínicas, o Instituto do Coração, o Instituto do Câncer de São Paulo, e o Hospital Dante Pazzanese.

Por Bruno Bocchini, Agência Brasil

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas