Férias: veja a importância de higienizar os brinquedos das crianças

Veja dicas de como não expor crianças às bactérias.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Arquivo/José Cruz/Agência Brasil)

Os brinquedos infantis estão sempre propensos a sujeiras e bactérias, afinal, ficam para lá e para cá, seja no chão, no carro, na escola ou no jardim. Este ciclo pode trazer riscos para as crianças, que não diferenciam os objetos limpos ou sujos e acabam suscetíveis à doenças e infecções.

Por isso, é importante lembrar de higienizar os brinquedos a cada 15 dias, evitando complicações para a saúde. “A limpeza dos itens infantis é fundamental para que a brincadeira seja segura e saudável, além de aumentar a vida útil dos brinquedos. Cada tipo de material merece um cuidado diferente”, ensina a dona de casa Marieta Silva.



Uma boa dica é convidar a criança para participar da higienização, assim, é possível ensinar sobre a necessidade de cuidar dos próprios pertences.

“Antes de mais nada, é preciso que o produto respeite regras básicas de segurança. Dessa forma é possível comprar o brinquedo dos sonhos das crianças sem colocar a saúde em risco”, afirma Sérgio Sarrubo, diretor do hospital estadual Darcy Vargas.

Confira como higienizar os diferentes tipos de materiais:

Plástico ou borracha

Coloque os brinquedos de molho em água morna com vinagre ou detergente. Em seguida esfregue a sujeira.

Brinquedos com apito (exceto eletrônicos)

Lave com um pouco de água e sabão. Não os coloque de molho ou em água corrente, porque podem parar de fazer barulho.

Metal

É preciso ter cuidado em não deixar a peça úmida, pois ela pode enferrujar. Para limpar, utilize pano com álcool, para que a umidade evapore mais rápido.

Brinquedos de banho

Para evitar mofo e fungos, após o banho, seque os brinquedos cautelosamente e tire-os do banheiro, pois o ambiente continua úmido por muito tempo.

EVA

Utilize um pano umedecido em água ou álcool. É preciso secar bem, de preferência ao sol, para evitar manchas e fungos.

*com informações do Governo do Estado de São Paulo

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas