Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Covid-19: Vale do Ribeira cai para fase vermelha

Por causa do aumento na taxa de ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) destinados ao tratamento de casos do novo coronavírus, o governo de São Paulo reclassificou hoje (31) a região de Registro, no Vale do Ribeira, para a Fase 1-Vermelha.

(Reprodução)

“A reclassificação do Vale do Ribeira foi uma medida de segurança, já prevista e discutida no Plano São Paulo, frente ao aumento do número de casos e de ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva”, disse o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn.

A região de Registro estava na Fase 3-Amarela do Plano São Paulo desde o dia 10 de julho. A etapa amarela permitia a reabertura de bares, restaurantes e salões de beleza com 40% da capacidade e expediente diário de até seis horas. Já a Fase Vermelha é de quarentena total, com abertura apenas dos serviços considerados essenciais, como de logística, abastecimento, saúde e segurança.

O governo paulista atualiza o plano a cada 15 dias – a última atualização foi sexta-feira (24) passada –, observando os dados obtidos em uma semana na comparação com a semana anterior. Caso haja grande piora nos dados, como ocorreu com Registro, o plano é atualizado a qualquer momento.

 O Plano São Paulo é dividido em cinco fases que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (vermelho) a etapas identificadas como controle (laranja), flexibilização (amarelo), abertura parcial (verde) e normal controlado (azul). Pelo plano, o estado foi dividido em 17 regiões (com a região metropolitana dividida em cinco sub-regiões), e cada uma delas é classificada em uma fase.

Agora, quatro regiões do estado permanecem na Fase 1-Vermelha, de alerta máximo, onde terão que manter a quarentena e só poderão abrir serviços considerados essenciais como de logística, segurança, saúde e abastecimento. Além de Registro, estão nessa fase as regiões de Franca, Ribeirão Preto e Piracicaba.

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (30) que pretendia visitar a região, mas que adiaria o plano se o Vale do Ribeira fosse reclassificado para a Fase Vermelha, o que ocorreu hoje.

Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil 

Última atualização em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *