Após vídeos de aglomeração, Campos do Jordão amplia restrição

Temporada de inverso impulsiona turismo em Campos do Jordão
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Rede Social/Reprodução)

O município de Campos do Jordão, no interior paulista, terá mais  restrições para conter aglomerações no fim de semana. Com a aproximação da temporada de inverno, a cidade, que fica na Serra da Mantiqueira, tem temperaturas mais baixas e atrai muitos turistas. 

Segundo a prefeitura, alguns protocolos da fase vermelha serão acrescentados à fase de transição do Plano São Paulo para conter aglomerações no município, sobretudo nos fins de semana, e atuar no combate à pandemia.

Barreiras sanitárias serão ativadas às sextas-feiras. Restaurantes só poderão funcionar com 30% da capacidade de público e devem estar completamente fechados às 18h. A venda de bebidas alcoólicas estará proibida a partir das 18h, inclusive na modalidade take away (para retirada no local). 

O comércio em geral poderá funcionar até as 20h. Hotéis e pousadas podem receber no máximo 60% da capacidade de quartos. As medidas entram em vigor nesta sexta-feira (11).

O reforço da operação contará com apoio da Polícia Militar, da Vigilância Sanitária de São Paulo e da Comissão Especial de Fiscalização Epidemiológica. “A prefeitura adotará novo sistema de fiscalização e pretende fechar o cerco às empresas que insistem em descumprir as regras vigentes, principalmente restaurantes e bares localizados no Calçadão do Capivari”, diz o governo municipal em nota.

O Calçadão do Capivari é um dos principais pontos turísticos de Campos do Jordão, reunindo as melhores lojas e restaurantes da cidade e atraindo muitos visitantes.

Aglomeração

No último fim de semana, com o feriado de Corpus Christiimagens nas redes sociaismostram as ruas lotadas, especialmente o Calçadão do Capivari.

Balanço da prefeitura informa que a Polícia Civil encerrou 16 eventos e impediu que 13 começassem. A fiscalização autuou 19 pessoas por infração ao Artigo 268 do Código Penal, que trata de infringir determinação do poder público para introdução ou propagação de doença contagiosa.

O levantamento mostra ainda que o Centro de Operações da Polícia Militar registrou 330 atendimentos até as 18h do dia 6 de junho. Doze pessoas foram presas por crimes como porte de drogas, violência doméstica, embriaguez ao volante e por terem mandado de prisão. A solicitação mais recorrente do período foi perturbação do sossego. 

 Por Camila Maciel – Repórter da Agência Brasil 

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas