Bombeiros retomam buscas por turista que desapareceu em cachoeira

Três mulheres morreram após correnteza surpreender turistas

O Corpo de Bombeiros retomou, na manhã de hoje (13), as buscas pela turista que desapareceu em uma cachoeira em Lavrinhas, região de Guaratinguetá. Até a noite de ontem (12), três mortes haviam sido confirmadas. Outras 16 pessoas foram retiradas de local de risco pelos bombeiros.

A causa do acidente é uma cabeça d´água, fenômeno que acontece quando intensas chuvas caem sobre a cabeceira do rio, provocando aumento da correnteza de forma inesperada.

Dois bombeiros carregam com uma maca uma pessoa  retirada do rio
(Corpo de Bombeiros/Reprodução)

Para resgatar as vítimas, os bombeiros usaram cordas de um lado a outra da cachoeira Rancho do Zé Neto, localizada no rio do Braço.

A cidade de Lavrinhas é cortada por vários rios e possui, como pontos turísticos, algumas cachoeiras. As três vítimas que morreram já foram identificadas. São três mulheres, de 22, 29 e 65 anos. A quarta vítima também é uma mulher e ainda não foi encontrada.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.