Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Estado cria força tarefa e busca 45 desaparecidos

A chuva forte que provocou deslizamentos e enchentes no litoral sul de São Paulo levou o Governo do Estado a criar uma força tarefa para apoiar desabrigados/desalojados e familiares de vítimas. Segundo o Corpo de Bombeiros, 13 mortes já foram confirmadas e 45 pessoas são consideradas desaparecidas. Ocorrências mais graves estão distribuídas entre cidades do litoral: Guarujá, Santos e São Vicente.



“Destinaremos alimentos, água mineral, itens de higiene pessoal, colchões e o pagamento de aluguel social, compartilhado com os prefeitos, para que famílias desabrigadas possam restabelecer suas vidas e trabalho, enquanto for necessário. Lamentamos muito o efeito das fortes chuvas que se abateram sobre a Baixada Santista e oferecemos solidariedade às famílias que perderam entes queridos e estão em sofrimento nesse momento”, afirmou o governador de São Paulo, João Doria, que sobrevoou a região.

A força-tarefa que vai atuar no litoral inclui equipes de salvamento da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, técnicos da Sabesp e profissionais das Secretarias de Estado de Desenvolvimento Social, Habitação, Saúde e Fundo Social de São Paulo, além de profissionais das prefeituras dos municípios afetados.

Ao menos 100 bombeiros atuam com o apoio de 29 veículos desde a madrugada para atendimento a pessoas atingidas no litoral. Existe um alerta para novos temporais na região até o final do dia.

Técnicos do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) irão ao litoral para apontar áreas de risco de novos desmoronamentos.

Sobrevoo no Morro do Macaco Molhado no Guarujá
Governador João Doria sobrevoa a região do litoral

*Com informações do Governo do Estado de SP

Última atualização em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *