Categorias Litoral

Bolsas de plasma contra Covid-19 chegam nesta segunda à Santos

Publicado por
(DiverDave/via USP Imagens)

O Instituto Butantan vai organizar uma rede para garantir o tratamento de pacientes da Covid-19 a partir do plasma sanguíneo de pessoas que já tiveram a doença. A técnica existe há mais de um século, já foi usada em outras epidemias e vem sendo aplicada no combate ao novo coronavírus.

“Você transfere de forma passiva para o indivíduo uma quantidade grande de anticorpos e esses anticorpos vão combater o vírus e tentar neutralizar a replicação. E com isso você tem uma evolução melhor desses pacientes”, explica o pesquisador do instituto e presidente da ABHH (Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular), Dante Larghi, ao Jornal da Cultura.

O material que contém esses anticorpos é o chamado plasma convalescente, um dos componentes do sangue de uma pessoa que já se curou da doença. Com o objetivo de garantir o tratamento de pacientes a partir do plasma sanguíneo, o governo de São Paulo anunciou a criação de uma rede de transfusão, em logística que será coordenada pelo Instituto Butantan.

Cinco grandes hemocentros ficarão responsáveis pelas doações. O voluntário deve ter entre 16 e 69 anos, boas

condições de saúde e pesar no mínimo 50 quilos. Além disso, a infecção pelo novo coronavírus precisa ter ocorrido ao menos um mês antes, e o doador deve estar sem sintomas no mínimo há 15 dias.

Doadores do sexo masculino serão priorizados porque, durante a gestação, a mulher libera anticorpos que podem causar uma reação grave a quem recebe o plasma. As transfusões serão feitas em duas cidades que tiveram altas explosivas de casos neste ano: Araraquara e Santos, que receberá bolsas de plasma já na segunda-feira (29). 

Dante Larghi também destaca que as informações científicas sobre a transfusão de plasma convalescente apontam benefícios a pessoas que estão na fase inicial da infecção, até 72 horas depois do surgimento dos primeiros sintomas. “Esses indivíduos que não evoluem para uma forma mais grave, que é a doença respiratória severa, isso também por consequência poderá diminuir o número de necessidade de utilização de leitos de UTI”.

Por TV Cultura

Esta postagem foi modificada pela última vez em 28 de março de 2021 14:45

Deixe um comentário
Compartilhar
Publicado por

Postagens recentes

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em setembro

Beneficiários do Bolsa Família com NIS 7 também recebem hoje Leia mais

27 de julho de 2021

Ítalo Ferreira conquista primeiro ouro das Olimpíadas de Tóquio

Atual campeão mundial de surf, Ítalo Ferreira venceu o japônes Kanoa Igarashi Leia mais

27 de julho de 2021

Vôlei: Brasil vence Argentina de virada

Foi um jogo equilibrado e disputado até o ultimo minuto Leia mais

26 de julho de 2021