Cidade natal de Bruno Covas, Santos decreta luto oficial

Corpo de Bruno Covas será sepultado no jazigo da família Covas, em Santos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A cidade de Santos está de luto oficial por três dias pela morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, falecido em decorrência de um câncer no sistema digestivo com metástase. O sepultamento será realizado na tarde deste domingo (16) no jazigo da família Covas, no cemitério do Paquetá, em Santos. A cerimônia será restrita à família.  

“Bruno Covas nos deixa um legado de liderança, competência e coragem. Um talentoso jovem santista, de berço e coração alvinegro, que enfrentou a doença de cabeça erguida, com transparência e determinação. Um gestor público que, espelhado no exemplo de seu avô, Mário Covas, jamais abandonou a função pública por entender que a busca do bem comum é contínua. Bruno nos deixa o exemplo de superação, de admirável espírito público e de amor à vida e às pessoas. Expresso meu pesar à família, a seu filho e grande companheiro Tomás e aos amigos e admiradores”, declarou o prefeito Rogério Santos.

Trajetória

Bruno Covas, neto do ex-governador de São Paulo, Mário Covas, nasceu em Santos no dia 7 de abril de 1980. Antes de assumir a função e ser reeleito como prefeito de São Paulo, Covas foi eleito deputado estadual e federal, além de ter sido nomeado secretário de Estado. Na sua primeira eleição para a Assembleia Legislativa de São Paulo, em 2006, foi eleito com a ajuda de 11.056 votos de santistas.

Na mais recente eleição que disputou para cargos proporcionais, em 2014, foi eleito deputado federal com 13.423 votos em Santos, números que reforçam a ligação de Covas com a sua cidade natal. Em 2004, também foi candidato a vice-prefeito de Santos na chapa com Raul Christiano (PSDB). 

Torcedor do Santos, Bruno Covas, deixa seu filho, Tomás Covas, de 15 anos, também fanático torcedor do Peixe.

Por pref. de Santos

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas