Corpo de Bruno Covas é enterrado em Santos

João Doria e Ricardo Nunes, que assume a prefeitura, acompanharam enterro
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O corpo de Bruno Covas foi enterrado no começo da noite de hoje (16), no cemitério do Paquetá, em Santos, cidade natal do político. A cerimônia foi reservada à família, mas, do lado de fora, centenas de pessoas foram para perto do cemitério aguardar a chegada do cortejo que trazia o corpo de Covas.

Ricardo Nunes, que agora assume a prefeitura da Capital, e João Doria, governador de São Paulo, acompanharam o sepultamento.

“O Brasil não perde só um grande homem público, a capital de São Paulo não perde apenas o seu grande prefeito, nós perdemos um grande jovem brasileiro”, disse Doria ao deixar o cemitério, que mais cedo emitiu uma nota lamentando a morte de Bruno Covas (leia no fim do texto).

O traslado do corpo começou pouco depois das 14h, após uma cerimônia no prédio da Prefeitura de São Paulo. Em carro aberto, o corpo de Bruno Covas passou por ruas e avenidas importantes da Capital.

Eleitores e correligionários do PSDB, partido do prefeito, acompanharam o deslocamento do cortejo. Na Avenida Paulista, centenas de pessoas se despediram de Covas.

Homenagens também foram vistas ao longo do trajeto pela Rodovia dos Imigrantes e na chegada à Santos, onde torcedores do Santos Futebol Clube, time do coração de Covas, também prestaram homenagens.

Em função da morte de Bruno Covas, a prefeitura de Santos decretou luto oficial de três dias.

Nota do Governador de São Paulo

Obrigado, Bruno Covas, por ter compartilhado, com todos nós, tanto carinho e dedicação. À Renata e ao Pedro, seus pais, ao Gustavo, seu irmão, e especialmente ao Tomás, seu filho, meu afeto nesse momento doloroso em que a natureza subverte o curso da vida. São Paulo terá sempre muito orgulho desse filho querido.

A força de Bruno Covas vem do seu exemplo e do seu caráter. Foi leal à família, aos amigos, ao povo de São Paulo e aos filiados do seu partido, o PSDB. Sua garra nos inspira e seu trabalho nos motiva.

Tive o privilégio de acompanhá-lo desde o início da vida pública, ao lado do seu avô Mario Covas. Tive a honra de tê-lo como vice, na Prefeitura de São Paulo. E a alegria de ver seus ideais e realizações aprovados nas eleições de 2020.

Bruno Covas era sensível, sereno, correto, racional, pragmático e ponderado. Voz sensata, sorriso largo e bom coração. Bruno Covas era esperança. E a esperança não morre: ela segue, com fé, nas lições que ele nos ofereceu em sua vida.

Muito obrigado, Bruno. Você foi e continuará sendo para todos nós, um eterno exemplo.
João Doria
Governador do Estado de São Paulo

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas