Festa clandestina reuniu 500 pessoas em São Vicente

Equipamentos de som foram apreendidos e o local lacrado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Uma festa clandestina com mais de 500 pessoas foi dispersada pela força tarefa de fiscalização da prefeitura de São Vicente, no litoral paulista, na noite de ontem (12). Festas e aglomerações estão proibidas na cidade por serem ambientes de grande propagação do novo coronavírus.

Segundo a prefeitura, o evento ocorria na Rua Tupiniquins, no bairro do Japuí, e reunia centenas de pessoas sem máscara. A força tarefa encerrou a festa, lavrou autos de infração por falta de uso de máscara e apreendeu equipamentos de som.

A fiscalização é feita por agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), da Vigilância Sanitária, da Secretaria de Desenvolvimento do Comércio, Indústria e Assuntos Portuários (Secinp) e da Secretaria de Trânsito e Transportes (Setrans).

Denúncias sobre festas clandestinas ou aglomerações podem ser feitas em São Vicente pelo telefone 153 ou pelo WhatsApp (13) 99641-0112.

Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas