Mongaguá e Bertioga suspendem Carnaval 2022

Anúncios foram feitos nesta terça por ambas as prefeituras. Medida busca evitar a proliferação da Covid-19.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Mongaguá e Bertioga suspendem Carnaval 2022
Decisão foi tomada também pelo aumento dos casos de gripe, segundo prefeito de Mongaguá(Nivaldo Lima/SP AGORA)

As prefeituras de Mongaguá e Bertioga, no litoral de São Paulo, anunciaram nesta terça-feira (11) que não haverá carnaval em 2022 nas cidades. Segundo os prefeitos de ambos os municípios, a medida visa evitar a proliferação da Covid-19.

O prefeito de Mongaguá, Márcio Cabeça (Republicanos), anunciou, durante transmissão ao vivo nas redes sociais, que a decisão foi tomada também pelo aumento dos casos de gripe.

Segundo o prefeito, assim como em outras cidades, o número de casos confirmados das duas doenças cresceu muito nos últimos meses. “A tendência era esperar [para definir sobre o carnaval], mas se estamos em 10 de janeiro e os números [de gripe e Covid] já estão assim, então, é impossível estarmos em fevereiro com esse número caindo já”, disse.

O chefe do Executivo municipal reforçou que, diante do atual cenário, as pessoas e os comércios precisam manter os protocolos sanitários de prevenção à doença, como uso de máscara, álcool em gel, e evitar aglomeração.

“Não tem como fazer um carnaval de blocos sem contato físico, então, realmente isso é uma questão. Mas, estamos trabalhando de outras formas, para tentar manter a economia do município aquecida, mas isso também vai depender dos cuidados de prevenção à Covid-19 por parte dos comerciantes e da população”, afirmou ele.

Em Bertioga, a prefeitura decidiu cancelar a realização do ‘Carnaval é + Família’, mas informou que o festival ‘Verão é Show’, que começa nesta sexta-feira (14), com o cantor Thiaguinho, bem como a programação ‘Agita Bertioga Esporte e Cultura’, iniciada na semana passada, estão mantidos, por se tratarem de eventos controlados.

“Diferente dos shows e da programação de verão, que são eventos controlados, o carnaval tem características que dificultam a aplicação de medidas de prevenção à Covid-19. Portanto, por cautela, decidimos pelo cancelamento do carnaval. Como ocorre desde o início do enfrentamento à pandemia, todas as decisões são tomadas com base na ciência e nos indicadores”, disse o prefeito de Bertioga, Caio Matheus (PSDB), por meio de nota.

A prefeitura destaca que, para ter acesso aos shows e eventos fechados do calendário de verão da cidade, além do uso de máscara e respeitar os protocolos sanitários, é obrigatório apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19. A secretária de Saúde do município, Rebeca Barufi, afirma que, diante da análise dos dados de enfrentamento à pandemia, no momento é possível a realização de eventos fechados.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *