Santos suspende vacinação de grávidas

Medida acompanha orientação da Anvisa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Santos decidiu, no início da manhã hoje (11), suspender a vacinação contra a covid-19 das grávidas com comorbidades com a vacina Oxford/AstraZeneca/Fiocruz, único imunizante recebido na última sexta-feira (7) para vacinação dos grupos contemplados nesta semana pelo cronograma do Estado. A prefeitura da Capital Paulista também anunciou a suspensão.

A medida segue nota técnica emitida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que, na noite desta segunda-feira (10), recomendou não utilizar a vacina de Oxford/AstraZeneca/Fiocruz nas gestantes. A orientação considerou o monitoramento de efeitos adversos.

De acordo com o órgão regulador, a bula do imunizante indica que ele deva ser utilizado nas grávidas sob prescrição médica, após avaliação de riscos e benefícios. “O uso em situações não previstas na bula só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde”, informou a Anvisa.

No caso de Santos, neste momento, o Município não possui doses de CoronaVac para atender às gestantes e aguarda o envio de novas remessas pelo Estado. Para os demais públicos contemplados na vacinação, a aplicação da vacina de Oxford/AstraZeneca/Fiocruz segue normalmente em 23 policlínicas e em sete postos externos.

*Com Pref. de Santos

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas