Parque do Juquery é reaberto após incêndio

Visitas serão retomadas de terça a domingo, das 8h às 17h
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Parque do Juquery, em Franco da Rocha (Pref. de Franco da Rocha/Reprodução)

O Parque Estadual Juquery, no município de Franco da Rocha (SP), reabre hoje (18) para visitação, após o fechamento devido a um incêndio ocorrido no final de agosto. A partir dessa data, as visitas serão retomadas de terça a domingo, das 8h às 17h.

Segundo a Fundação Florestal, responsável pelo parque, as trilhas estão devidamente sinalizadas e o visitante poderá conferir o percurso de cada uma consultando o mapa que fica em frente à sede administrativa.

O parque continua seguindo os protocolos de segurança do Plano São Paulo e, por isso, é necessário o uso de máscara nas dependências da unidade.

Criado em 1993, o parque conserva importantes remanescentes de cerrado existente na Fazenda Juquery, além das áreas de mananciais do Sistema Cantareira, na região metropolitana de São Paulo. O endereço para visitação é Rua Miguel Segundo Lerussi, s/n, Parque Industrial, Franco da Rocha.

Incêndio

(Pref. de Franco da Rocha/via Fotos Públicas)

O incêndio que atingiu o Parque do Juquery consumiu 53% da área dessa Unidade Conservação, segundo levantamento do Centro de Monitoramento da Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo. O total atingido é de 1,175 hectares.

Com início na manhã do domingo, 22 de agosto, o incêndio durou 4 dias. Mais de 300 pessoas, entre integrantes do Corpo de Bombeiros, brigadistas e funcionários do parque, trabalharam no combate ao fogo. Segundo a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do estado, a Polícia Civil investiga se a causa foi a queda de um balão no local.

A investigação ocorre por meio de inquérito policial instaurado pela Delegacia de Investigações sobre Infrações Contra o Meio Ambiente (DIICMA) de Franco da Rocha, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) de SP.

“A equipe da unidade apreendeu diversos objetos relacionados aos fatos, que foram encaminhados à perícia. As investigações seguem em andamento visando à identificação de outros grupos de baloeiros suspeitos de envolvimento na ação e ao esclarecimento dos fatos”, informou a secretaria.

Além da vegetação, o incêndio também atingiu a fauna do parque: 25 animais foram resgatados por veterinários voluntários, sendo que 14 não resistiram aos ferimentos e morreram. O parque ficou fechado, inclusive, porque os equipamentos de atividades de lazer como bancos, mesas, quiosques e placas informativas também foram queimados.

*Com Agência Brasil

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas