Sobrevivente de ataque em escola é a primeira vacinada da Educação

Mais de 350 mil profissionais de educação vão ser vacinados
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Silmara foi vacinada contra a covid-19 neste sábado (Gov. do Estado de SP)

A primeira profissional da educação vacinada no estado de São Paulo é Silmara Cristina Silva de Moraes. A merendeira recebeu dose do imunizante neste sábado (10), na Escola Raul Brasil, em Suzano. A data marca o início da vacinação de servidores da educação com mais de 47 anos em São Paulo.

Silmara esteve presente em tragédia no ano de 2019, quando dois ex-alunos armados deixaram onze feridos, mataram cinco estudantes e duas servidoras da escola. Ela ajudou a esconder alunos na cozinha durante o tiroteio.

Após passar por reforma em 2020, a Raul Brasil volta a receber alunos a partir de 14 de abril, assim como as outras escolas estaduais. 

Imunização de profissionais da educação

A previsão é que 350 mil profissionais da educação acima de 47 anos sejam vacinados nessa primeira fase. O foco são servidores que atuam desde creches até o ensino médio em qualquer unidade pública ou particular dos 645 municípios de São Paulo.

Podem receber o imunizante apenas servidores da educação com mais de 47 anos que tenham feito cadastro no site Vacine Já e recebido a confirmação do sistema.

Por TV Cultura

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas