Veja o que a mídia internacional falou sobre ataque em Catedral

Imprensa deu destaque ao caso ocorrido em Campinas.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(BBC/Reprodução)

A tragédia ocorrida em Campinas, a 98 quilômetros de São Paulo, em que Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, atirou contra quatro pessoas e depois tirou a própria vida enquanto todos rezavam na Catedral Metropolitana foi destaque na imprensa internacional.

Emissoras, agências online e jornais da Europa,  Estados Unidos, China e do Oriente Médico detalharam o episódio.

A CNN (Cable News Network), nos Estados Unidos, detalhou o ataque de ontem (11) à tarde e disse que, entre as vítimas, havia três homens e uma mulher.

A emissora deu crédito à Agência Brasil. O jornal norte-americano New York Times informou o drama das pessoas que tentavam escapar da morte.



A agência de notícias DW, da Alemanha, ressaltou que a maioria das vítimas era de idosos. Eles estavam rezando na catedral.

A agência chinesa estatal Xinhua detalhou que o atirador estava armado com duas armas e disparou pelo menos 20 vezes antes que a polícia o confrontasse e ele tirasse a própria vida.

O principal jornal francês, Le Monde, informou que o atirador usou duas armas, incluindo uma pistola calibre 38, e também feriu outras três pessoas.

A emissora do Oriente Médio Al Jazeera divulgou imagens das câmeras de segurança e detalhou a perplexidade da Arquidiocesse de Campinas e a brutalidade do ataque.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas