Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Visitas em presídios são restritas por causa do Coronavírus

Há um caso de Covid-19 entre servidores do sistema prisional.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Arquivo/Governo do Estado de São Paulo)

O governo do estado de São Paulo anunciou hoje (19) novas regras para as visitas à população encarcerada no estado. A medida foi tomada para evitar o contágio de presos com o novo coronavírus.

Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), cada detento poderá receber apenas um visitante por final de semana. Ficou estabelecida também a proibição da visita de maiores de 60 anos, menores, e de pessoas que se enquadrem no grupo de risco para a infecção.

Assim como já ocorreu no último fim de semana, os visitantes continuarão a passar por triagem na entrada das unidades prisionais, e aqueles com sintomas de enfermidades não poderão entrar. “O interesse coletivo prevalece e a medida busca a proteção de todos”, disse a SAP, em nota.

A secretaria informou que nos presídios onde houve rebeliões na última segunda-feira (16) – nos Centros de Progressão Penitenciária de Mongaguá, Tremembé e Porto Feliz, e na ala de semiaberto da Penitenciária 1 de Mirandópolis – as visitas estão suspensas para a reorganização interna das unidades.

Caso suspeito de Covid-19



O Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifuspesp) comunicou hoje a confirmação de um caso de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, entre os funcionários do sistema prisional paulista. Seria um servidor do Centro Hospitalar Penitenciário, na capital paulista.

O governo do estado, no entanto, por meio da SAP, informou que o caso ainda não foi confirmado e é tido como suspeito. A secretaria disse ainda que todos os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde estão sendo adotados nas unidades.

Para o Sifuspesp, as alterações apresentadas hoje pelo governo são insuficientes para barrar uma infestação de coronavírus nas unidade prisionais do estado. O sindicato protocolou uma ação civil pública no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo reivindicando um plano de contingência imediato contra a contaminação pelo coronavírus.

“O sindicato quer a adoção imediata de um protocolo específico para proteger servidores com doenças crônicas, como diabetes, problemas respiratórios e cardiovasculares, que agravam o quadro do coronavírus, o fornecimento de equipamentos de proteção individual e coletiva e equipe médica para avaliação dos trabalhadores”, disse a entidade em nota.

Fundação Casa

Com a intenção de conter o alastramento da contaminação por Covid-19 nas unidades da Fundação Casa, o Conselho Superior de Magistratura do Tribunal de Justiça de SP decidiu suspender o cumprimento de medidas socioeducativas, de semiliberdade, liberdade assistida e prestação de serviços a comunidade pelo prazo de 30 dias.

Também determinou que os adolescentes internados provisoriamente, que sejam gestantes, lactantes, ou portadores de doenças que possam ser agravadas com a Covid-19, deverão ser colocados em liberdade por 30 dias, renováveis, pelo juízo competente. Aqueles que já cumprem medida de internação, encaixam-se nesses quesitos, e não praticaram crime com violência ou grave ameaça, também serão colocados em liberdade. Os jovens serão soltos por um período renovável de 30 dias, e serão acompanhados à distância por um técnico da fundação.

As apreensões de adolescentes acusados de atos infracionais com violência e grave ameaça continuarão a ser feitas. No entanto, o jovem apreendido será colocado em quarentena, separado dos demais.

“São medidas importantes para evitar a disseminação do coronavírus entre os adolescentes no Sistema Socioeducativo do estado, evitando novas internações. A deliberação do TJ está seguindo as recentes recomendações do CNJ [Conselho Nacional de Justiça]”, disse o conselheiro do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana de São Paulo, Ariel de Castro Alves.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país

Outras - notícias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest