Geral

Conheça as regras de trânsito para quem viaja de carro com pets

Entenda o que consta no Código de Trânsito Brasileiro sobre o transporte de animais e dicas de como tornar a viagem mais tranquila e agradável para o seu pet

Viajar com animais de estimação é uma prática cada vez mais comum entre os brasileiros. No entanto, é fundamental conhecer as regras de trânsito e adotar medidas de segurança para garantir uma viagem tranquila e segura para todos. 

(iStock – Eva Blanco)

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece normas específicas para o transporte de pets em veículos, e o descumprimento dessas regras pode resultar em multas e penalidades que podem variar entre leves e gravíssimas, dependendo da situação. Ou seja, o transporte é permitido, contanto que siga cuidados específicos.

Os pets não podem viajar soltos dentro do veículo, pois isso pode gerar distrações ao motorista e aumentar o risco de acidentes. Conforme o artigo 169 do CTB, o descumprimento ocasiona uma infração leve, e pode se tornar média caso o animal esteja no colo, nos braços ou nas pernas do condutor (art. 252).

Outra orientação importante está no artigo 235, que proíbe conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo. Portanto, não deixe o animal com a cabeça para fora da janela, pois, além de ser proibido, também compromete a segurança dos usuários da via e a vida do pet.

Siga nosso canal no Whatsapp

Equipamentos de segurança para viagens com pets

Para viajar de carro com gato ou cachorro, é necessário utilizar equipamentos de segurança que mantenham o animal contido e confortável durante o trajeto. As opções incluem:

  • Caixa de Transporte: ideal para animais de pequeno e médio porte, ela deve ser posicionada de forma segura no banco traseiro ou no porta-malas do veículo, de preferência presa com cinto de segurança.
  • Cinto de Segurança para Pets: existem cintos de segurança específicos para animais de estimação, que se prendem ao peitoral do animal e ao cinto de segurança do carro. Essa opção é adequada para cães de médio e grande porte.
  • Grade de Segurança: para quem transporta animais no porta-malas de veículos como SUVs, a grade de segurança é uma boa alternativa, pois ela evita que o animal tenha acesso ao banco traseiro.

Dicas para tornar a viagem do seu pet mais segura e tranquila

Além de cumprir as regras de trânsito, é importante adotar algumas práticas que tornam a viagem mais confortável para o pet e mais segura para todos. Aqui estão algumas dicas essenciais:

  • Acostume o animal ao carro: antes de uma viagem longa, é recomendável fazer passeios curtos para que o animal se acostume ao ambiente. Especialmente se for uma viagem que dependa de um aluguel de carro, pois ele precisa se habituar ao novo veículo.
  • Faça paradas regulares: em viagens longas, faça paradas a cada duas ou três horas para que o pet possa se movimentar, beber água e fazer suas necessidades. 
  • Mantenha o animal hidratado: tenha sempre água fresca disponível e ofereça-a regularmente ao cachorro ou gato durante a viagem. 
  • Evite alimentar o pet imediatamente antes da viagem: isso pode causar enjoo no animal. O ideal é dar uma refeição leve cerca de três horas antes de partir.
  • Nunca deixe o animal sozinho no carro: em dias quentes, o interior do carro pode aquecer rapidamente, colocando o animal em risco de hipertermia.

0 0 votes
Avaliar artigo
Se inscrever
Notificar de
Os comentários são de responsabilidades de seus autores e não representa a opinião deste site.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
0
Está gostando do conteúdo? Comente!x
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios