Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Cumbica: Em 3 dias, 4 são presos tentando embarcar com cocaína

(Polícia Federal/Reprodução)

A Polícia Federal (PF) prendeu, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em ações distintas, entre a noite de sábado (15/9) e hoje (17/9), passageiros tentando embarcar com droga nas bagagens.

Policiais federais abordaram uma passageira, brasileira de 20 anos de idade, que embarcaria em um voo com destino para Lisboa/Portugal. Ela estava na fila de check-in da empresa aérea, para verificação de uma bagagem que havia despachado.

Após a mala ser inspecionada pelo raio-x, foi constatada a presença de matéria orgânica. Ainda em observação aos demais passageiros que se encontravam na fila, os policiais federais abordaram também um homem, brasileiro de 22 anos com uma bagagem com as mesmas características, mas na cor preta.

Este suspeito despachou sua mala pouco depois da passageira brasileira. Apesar de não estarem na mesma reserva, o destino de ambos era Lisboa. A mala do homem também teve indicação de matéria orgânica.

Diante disso, ambos foram conduzidos à PF, onde acabaram revelando que que vieram de Belo Horizonte/MG para São Paulo de ônibus. Logo em seguida, aberta a mala e feita a perícia, foi constatado que na mala de ambos havia no total 4 volumes retangulares no interior em fundo falso, contendo pó branco, cujo exame preliminar apontou resultado positivo para cocaína, somando um volume total de mais de quatro quilos de cocaína. Diante de todo o quadro, ambos os conduzidos receberam voz de prisão por tráfico internacional de drogas e por associação para o tráfico de drogas.

Em outra ocorrência, na manhã de hoje (17/9), servidores da Receita Federal inspecionavam bagagens despachadas, com o auxílio do raio-x e cães farejadores, quando localizaram uma bagagem composta por 4 malas com a presença de matéria orgânica. Uma mala foi aberta para confirmação da existência de droga, no interior da mala havia sapatos e bijuterias (colares com medalhões).

Foi feito um furo em um dos medalhões, constatando-se a presença de um pó branco, característico da cocaína. A Polícia Federal foi acionada e localizaram o passageiro dono das bagagens, um homem nigeriano de 40 anos. Na delegacia, a substância foi submetida a perícia, resultando positivo para cocaína, somando mais de dois quilos em aproximadamente 269 medalhões.

Na outra ação, a Polícia Federal foi acionada na mesma manhã (17/9) ante suspeita de droga em duas malas despachadas. Policiais federais localizaram a passageira, uma mulher francesa de 26 anos de idade. As malas foram passadas pelo aparelho de raio-x e a imagem de uma delas indicou a presença de matéria orgânica. Após a mala ser aberta, percebeu-se a existência de um volume em fundo falso, foi realizado um pequeno furo, saindo dele um pó branco. A substância foi submetida a perícia, resultando positivo para cocaína e pesando mais de dois quilos de cocaína acondicionados em três sacos plásticos.

Os presos serão encaminhados ao presídio estadual, onde ficarão à disposição da Justiça.

*com informações da Agência PF

Deixe seu comentário

avatar
  Se inscrever  
Notificação de
1
×
Fale agora com nossa equipe!