Prisão: Padre Acusado de Pedofilia é Condenado Pelo Vaticano

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Foi condenado a cinco anos de prisão, o padre Carlos Alberto Capella, ex-conselheiro da Nunciatura de Washington, nos Estados Unidos. A decisão do Tribunal do Vaticano ocorre porque ele foi flagrado com material pornográfico infantil e, segundo a acusação, também repassava o conteúdo, informa a agência EFE.

O julgamento começou sexta-feira (22) e só terminou neste sábado. O promotor Gian Piero Milano havia pedido pena de cinco anos e nove meses de prisão, enquanto a defesa manobrava para uma condenação mínima.

Os promotores do Vaticano sustentaram que o padre acusado de pedofilia deveria ser condenado porque mantinha grande quantidade de vídeos e fotos com menores em atos sexuais explícitos, tendo, inclusive, postado material em um blog.

Já a defesa manteve o argumento de que o comportamento do padre não representava “periculosidade”, tendo ele apenas um distúrbio psicológico. Os advogados levaram ao tribunal avaliações que comprovariam o distúrbio.

Quando prestou depoimento diante do Tribunal, o padre acusado de pedofilia se disse arrependido.

(com informações da Agência Brasil)

Acompanhe nossos Podcast
Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast