Mil e Uma Sapatilhas busca investidores em Manaus

Serão 15 unidades só no norte do país
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Divulgação)

Com mais de 120 unidades presentes em quase todo território nacional, a rede Mil e Uma Sapatilhas, conhecida pela comercialização de calçados femininos de preço fixo de R$ 40, busca novos investidores na região Norte, especialmente na capital do Amazonas.

Segundo dados do estudo do Itaú Unibanco, o Amazonas é o estado com maior crescimento econômico até junho deste ano na região Norte. O PIB (Produto Interno Bruto) da localidade cresceu 6,4% no segundo trimestre de 2018, após também ter apresentado uma alta nos primeiros três meses do ano. 



“O varejo manaura possui espaço para expansão econômica. No segmento de franquias, por exemplo, o território tem atraído muitos investidores que querem ampliar a atuação no local. Com a Mil e Uma Sapatilhas não é diferente. Planejamos abrir 15 unidades somente na região Norte entre 2018 e 2019”, conta Arthur Marcolino, fundador da rede. 

Para ser um franqueado da rede, o possível empreendedor deve desembolsar R$ 92 mil, que inclui taxa de franquias, estoque, adequação de espaço e capital de giro. 

“Além da comercialização da franquia, nosso plano de crescimento contempla a busca por revendedoras locais. A ação permite que mulheres da região tenham outra fonte de renda como a revenda das sapatilhas que podem ser feitas no trabalho, condomínio, redes sociais ou porta em porta”, explica Marcolino. 

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Uma resposta para “Mil e Uma Sapatilhas busca investidores em Manaus”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas