Holding que controla Movida é certificada por transparência em programa de emissão de gases

Companhia estabeleceu meta de reduzir em 15% emissões de gases até 2030
(Arquivo/Divulgação)

A Simpar, holding que controla as marcas JSL, Movida, Vamos, CS Brasil, Original Concessionárias e BBC Leasing, recebeu o Selo Ouro – grau máximo de transparência no Programa Brasileiro GHG Protocol e que adota como base o inventário corporativo para emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), informou em comunicado à imprensa. A certificação corresponde ao ano de 2020. No período analisado, segundo o comunicado, a Companhia e as demais empresas controladas garantiram os melhores índices.

O GHG Protocol é uma ferramenta originalmente desenvolvida nos Estados Unidos, utilizada para entender, quantificar e gerenciar emissões de GEE. No Brasil, o Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas propõe o registro e a publicação de inventários dessas emissões em uma plataforma de Registro Público de Emissões (RPE).

“Os princípios de sustentabilidade (EASG) estão no centro da estratégia da Simpar e de suas empresas controladas, todas com objetivo criar valor sustentável através de soluções inovadoras e que geram impactos positivos para a sociedade e para o meio ambiente”, afirma.

A holding estabeleceu a meta de redução de 15% na intensidade das emissões, entre 2021 e 2030. Projetos de redução estão sendo implantados gradualmente.  

“Entre as ações para neutralização das emissões, a Movida iniciará a segunda fase do plano de recuperação do Corredor de Biodiversidade do Rio Araguaia, um dos maiores projetos de reflorestamento do mundo”, informa.

Até o final de 2022, a empresa pretende plantar cerca de um milhão de mudas de árvores nativas, em parceria com a ONG Black Jaguar Foundation.

“Além disso, as empresas do grupo têm adotado o consumo eficiente e racional de energia elétrica, recursos hídricos e combustíveis; o controle e eliminação da emissão de fumaça preta e ruído nos veículos em circulação; a correta destinação de resíduos gerados; e a promoção da educação ambiental no quadro de colaboradores”, aponta.

A SIMPAR também é signatária do documento “Empresários pelo Clima”, no qual junto ao CEBDS e outras organizações, destaca as medidas e responsabilidades para uma economia de baixo carbono. As empresas participantes definiram uma meta de redução das emissões de GEE em até 42% no Brasil já em 2025, em relação aos níveis de 2005.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.